Classe!

on

Num remoto passado sobre o escrutínio Social que fazemos acerca desse umbigo português, escrevi um texto acerca do ‘Sintomático’ que tudo se tornava, espelho da Sociedade que construímos.
Exacto, era Maio de 2015 e a sociedade de então é a mesma da de hoje, num paradoxo unidimensional que segue esse rumo em que as crianças continuam ao murro e ao pontapé, filmando-se para regojizo alheio, os maridos espancam as mulheres e assim o são apanhados no acto e a vinda do Papa a Fátima parece vir mostrar que o negócio é maior que o milagre de há 100 anos atrás.

Classe.jpg

Os três FFF são maiores que nunca, numa demonstração que apenas me faz lançar o repto de perguntar?

O que aconteceu ao jogo limpo, à ética pura e boas maneiras?
Por que é todos agora são uns FDP?
O que aconteceu com a classe?
Classe…
 
O que aconteceu com o “Por favor?” e “Posso”, “Sim, obrigado” e “que encantador”?
Agora, cada filho da Mãe é uma pedra no caminho.
O que aconteceu com a classe?
Classe…
 
Oh, não há mais Cavalheiros para abrir portas, nem nenhuma Dama para tal, somente putas e chulos.
E até mesmo os putos vão te derrubar para te poderem ultrapassar.
Ninguém tem nenhuma classe!
Classe…

E é esta a interminável ascensão Social. Classe…

Nota:
Adaptação da letra ‘Class’ do Musical Chicago (1975).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s