palmatória, insuficiência e partidarismo

Se o silêncio se fazia notar, o acto publicitário não ocorreu mas a pergunta surgiu. Catarina Martins questionou os seus congéneres de apoio governativo o porquê da permissividade política na pena aos activistas Angolanos?

Porquê esta insuficiência nas relações de um País que se vê de braços dados na sua sobrevivência e subsistência financeira, fechando os olhos à falta de Direitos Humanos, com esse negro ouro Angolano?

Porquê o partidarismo ideológico de um partido que defende políticas tão próximas às de Angola, mas tão distantes àquelas que por lá se praticam.
Porque deram à palmatória o que insistem em não mudar na sua génese.

FREE BLOCO.jpg

Que Angola seja livre de oligarquias plutocraticas.
Livre de ideologias de imposição e exclusão social.
Livre de brutalidade.
Livre de insuficiências.
Livre de partidarismos.
Que se dê, ela também, à palmatória.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s