“O Político que pensa que é intocável”

Lula.

Lula é o Político que pensa que é intocável.

Já não o é.

 

Desde o dia 15 de Novembro de 2015 que não o é.
Na entrevista que o Procurador Carlos Fernando dos Santos Lima deu à revista Veja fica claro que o ex-Presidente da República Brasileira, Luíz Inácio Lula da Silva, “era o responsável pelo governo. Não estou dizendo com isso que as investigações chegarão a Lula. A Lava Jato não investiga pessoas, investiga fatos. Se a Lava Jato chegar ao ex-presidente, vai chegar com uma acusação sólida, com uma denúncia apresentada pelo Ministério Público baseada em fatos concretos, comprovados”. Ou seja: A Lava Jato ainda não fechou a denúncia contra Lula, pois sabe que ela tem de ser definitiva, mas quando ela for fechada, Lula não escapará.

 

E para dar um maior ênfase a esta tese, em que a teoria é tão real e concreta, a denúncia que há dias apresentei, em que o Senador do partido dos Trabalhadores, Délcidio do Amaral é preso na operação Lava Jato, as gravações que o incriminam foram tornadas públicas para que se mostre a verdadeira quadrilha montada ao mais alto nível dentro do partido de Lula.

 

No audio pode-se ouvir o plano para a fuga de Nestor Cerveró – o economista Executivo da Petrobrás que deu o aval “falho” à Presidenta Dilma Rousseff para a compra da falida refinaria de Pasadena nos Estados Unidos – rumo a Espanha; assim como os subornos feitos ao seu filho Bernardo para que não se fizesse a famosa delação premiada.

Para incriminar mais o Partido, na gravação feita pelo próprio Bernardo Cerveró, em cooperação com a Justiça Brasileira, fica claro que o Senador, amigo intimo de Lula, estava a manipular o Supremo Tribunal Federal para atrapalhar a investigação ao maior escândalo de corrupção no Brasil.

 

Mas olhando para trás, duas décadas apenas, e vendo a premissa eleitoral que um dia foi o Partido dos Trabalhadores, com a sua propaganda orquestrada para acabar com a corrupção, e o discurso de Lula no programa de Sílvio Santos em 1989, em que o próprio candidato diz tudo aquilo que combatia e justo tudo aquilo em que o seu partido, e ouso dizer ele, se tornaram, é o justo espelho desse político que se crê intocável.

 

intocável

 

O toque de Midas que as políticas populistas de crescimento, baseadas nessa ideologia Desenvolvimentista que tão bem cai em países primeiro mundistas mas arrasta à desgraça os países que em realidades alternativas vivem, mostraram o que sucede a longo prazo.

Pela primeira vez desde as crises económicas no Plano Real em 2001, no tempo de Fernando Henrique Cardoso, a economia Brasileira contrai para níveis negativos.

 

E para rematar o político que pensa ser intocável, a quarta feira dia 2 de Dezembro de 2015 ficará para a História Brasileira como o dia em que a guerrilha interpartidária dos poderes coopetados se desvaneceram e o pedido de impeachment contra a Presidenta Dilma Rousseff deu entrada na Câmara de Deputados.

 

Eduardo Cunha, Presidente da Câmara e deputado federal do PMDB, o principal aliado político do PT, aceitou os pedidos de cassação de mandato Presidencial pelas “pedaladas fiscais” como forma de disfarçar o défice de 2014.

 

Aguarda-se agora a reacção política, apesar do descrédito popular ser total e penas Lula e Dilma acreditarem ser, por hora, intocáveis.

 

 

Nota:

Faz-se nota que no dia da publicação original deste texto, 3 de Dezembro de 2015, o mesmo viu-se ‘estranhamente’ apagado ou bloqueado de aparecer online. Após revisão de todo o texto, por poder conter alguma informação falaciosa, mentirosa ou delatória, constatei que um dos links presentes fora denunciado pelo PT por apresentar informação susceptível para o partido envolvido no maior escândalo de corrupção do Brasil.

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s