Novo Banco/Tempo Novo

A Março de 2015, faz agora um ano, a instituição bancária que ostentava um novo nome na fachada entrava rumo a um novo tempo. Cumpriam-se seis meses desde que Vitor Bento, o do dever patriótico, havia saído da direcção e Stock da Cunha tomava a mão frente do problemático Banco. O momento era bastante tenso, sobretudo porque o Banco de portugal havia traçado o plano de venda com data limite de apresentação de propostas até dia 20 de Março, justo o dia em que os seis meses de Governação de Stock da Cunha se cumpriam.

Nesse momento parecia ser, de facto, um novo momento para um banco que de novo apenas ostentava um novo Novo nome na fachada.
Os problemas amontoavam-se e lidar com quem sempre havia estado do outro lado tornara-se uma batalha campal.
Não eram apenas os lesados do BES, eram os clientes normais a quem os anos de Banco Espírito Santo havia sido sonegados pela vergonha do nome.

Antes da venda anunciada ser adiada (num perpétuo adiamento)  e eu terminar por deixar quem me acompanhou por duas décadas, escrevi ao Departamento de Relações com Clientes o texto que transcrevo.
Sou alguém pronto a criticar, mas tento fazê-lo sempre de forma construtiva.

Agora que o Banco entra numa reforma estrutural necessária a uma sobrevivência dúbia para sustento político de algo desconhecido, pergunto-me, será que a Qualidade de que falo e dessa pouca importância num nome ostentado numa fachada, não estão a ser substituídos por uma Governação Estatal apenas de fachada e sem qualidade?

Será um Banco Novo para um Tempo Novo.

NOVO SANTO

Um serviço de Qualidade é justo isto, dar a cara, ainda que seja só, neste caso, dar a voz, falar com o cliente.

Apesar de eu ter tentado contactar o meu gestor Comercial, por forma a dar conhecimento e continuidade sobre aquilo que venho aqui escrever, não o consegui fazer.
Ainda assim faço-o por escrito, pois acredito que a palavra escrita tem maior duração que a falada, sem cair no esquecimento.

Gostava de lhes agradecer a atenção prestada a um cliente que cumpre este ano vinte anos na Instituição Bancária que um dia se chamou Espírito Santo, nome de Confiança, Credibilidade, Fiabilidade, e até, Apreço, pelo qual muitos queriam estar, de alguma forma, associados.
Hoje não, e como sabemos, o bom nome dos Espírito Santo é feito apagar como uma má memória.
Mas eu não esqueço as memórias, nem acredito no esquecimento histórico. Respeito a convivência com o alienável passado, mas sobretudo com o possível futuro. Suponho que isto se deva à minha história de Família.

Assim, e como em tudo na Vida, há que reconhecer que quem faz uma Instituição não é o nome que se ostenta numa fachada. Esse traz-lhe um prestigio, prestigio esse que depressa se faz algo Novo.

Aquilo que me faz ter Confiança na Instituição são os rostos de quem me atende. De quem sabe quem eu sou e eu sei quem são. De quem me respeita e quem eu respeito de volta.

Quem dá a sua cara pelo nome que se ostenta numa fachada é o portador da Credibilidade que um cliente deposita no Banco.

Quem dá a sua cara pelo nome que se ostenta numa fachada é o mensagem da Fiabilidade que um cliente tem pelo Banco.

Quem dá a sua cara, ou no caso a voz, pelo nome que se ostenta numa fachada é o responsável pelo Apreço que sinto pela Instituição que mantém, a meu ver, nas pessoas que diariamente fazem da sua vida uma entrega total ao seu trabalho, o respeito merecido pelo que a resolução retirou de tantos.

Peço-lhe que dê ao meu assunto a merecida atenção que ele merece: pouca; pois sei, na minha sã consciência, de que outros tantos tanto mais perderam na fuga da sua Confiança e perda de Credibilidade, que precisaram de Fiabilidade para sentirem o Apreço de que falo pela ‘Nova’ Instituição.

Como antes disse: Trata-se de um ‘não assunto’, e para mim, ‘assunto encerrado’. Porque eu, também, acreditando nos valores de que falo, dou a cara, a voz, e pelo adiantado da hora, a palavra escrita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s